Destaques, Sociedade / dezembro 28, 2016

TENTE OUTRA VEZ

E QUANDO VOCÊ ACHAR QUE NÃO DA MAIS, TENTE DE NOVO.

Pois é, 2016 finalmente acabando (que vá logo) e nessas horas aquelas retrospectivas internas começam, aqueles mil planos que você tinha anotado na sua lista no inicio do ano e não foram cumpridas. Aquela ida a academia adiada, evitar doces e refrigerantes mas quando se vai em uma festa de criança é impossível evitar isso. A frustração no trabalho ou no relacionamento, começam a pesar nessa reta final do ano.

E é bem provável que em alguns momentos podemos pensar que nada está dando certo ou que não foi da forma que gostaríamos ter sido e isso frustra, cansa.

Cansado, nunca uma palavra fez tanto sentido. Cansado, não de tudo ou de todos, mas de ver como certas coisas por mais que tentamos talvez nunca mudem. Olhar e perceber que talvez o tempo “gasto” não será o suficiente.

A única coisa que faz algum sentido é o descontentamento, a tristeza, a impotência, o cansaço…de forma forte e violenta que mal se dá conta de administrar. Está aí, mas uma “falha” administrar. Quando se é jovem  se pensa que pode segurar o mundo com as mãos, que pode ter o controle de tudo a sua volta. Mas basta o tempo passar para outra realidade tomar frente da vida. Que ter o controle de tudo não só é impossível como algo que nunca poderá ser feito.

O importante é não desistir né pai. Fonte: Divulgação Google.

O importante é não desistir né pai.
Fonte: Divulgação Google.

Pois esse é o mistério e a graça da vida, não ter certeza do dia de amanhã. Planos são feitos, metas determinadas, mas nunca se sabe se realmente serão feitas ou conquistadas. “Pois a vida, é uma caixinha de surpresas”.

E nesse momento a surpresa maior é o cansaço, onde irá dar isso? Eu não sei, quem sabe? Talvez daqui algum tempo, pois nada nessa vida é eterno, e tudo tem o tempo certo para começar e terminar, mas infelizmente esse tempo, não é determinado pelos interessados.

Se você está lendo até aqui deve estar imaginando que esse texto trata-se apenas de uma queixa de alguém visivelmente frustrado com a vida. Mais, responda para si mesmo: “você nunca foi frustrado com nada em sua vida?” – se não é, meus parabéns você está em um seleto grupo de pessoas felizes e contentes que vivem na terra do não existe.

Porém, se por algum motivo você lembrou de alguma fase da vida em que se frustrou, em que ficou chateado consigo mesmo, com alguém ou sei lá, com a vida. É pra você que digo isso. Pra você entender que, não está sozinho, não será o primeiro e nem será o último. Assim como você chegou aqui outros virão e assim como você outros sairão dessa “zona de frustração existencial”. Basta querer.

Se conformar com uma situação desconfortável, achar que não tem solução e simplesmente não fazer nada, ou pior somente se queixar de que tudo acontece com você ou que as coisas vão de mal a pior, não resolve a situação. Só faz com que ela se complique ainda mais.

No momento meu caro, só lhe resta viver, seguir em frente, pois uma guerra não é ganha apenas com vitórias, é na batalha perdida que as maiores lições são aprendidas, e nelas fortalecidas as convicções e desejos. Não é chorando no seu quarto ou vivendo emburrado e tratando mal seus familiares e amigos que as coisas serão resolvidas. Aliás, pelo contrário, isso só irá fazer com que você se afaste dessas pessoas importantes da sua vida.

Então, antes de jogar a toalha, “tente outra vez”, não desista.

A companhia de teatro “Os Melhores do mundo” mostra bem como perseverança e não desistir nunca pode ser sim a melhor saída. Pois a vida, sempre será uma caixinha de surpresas:

 

 

 

 

 

por Hélio Santos

A vida Urbana • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por